Rede de Autarquias que Cuidam dos Cuidadores Informais

A missão deste Movimento é ajudar os cuidadores informais (CI), tornando visível e reconhecido o seu contributo nas mais diversas áreas e doenças em que esta figura tem um papel fundamental.

É perante esta missão que concretizamos a 1ª edição da Rede de Autarquias que Cuidam dos Cuidadores Informais (RACCI) para integrar os municípios e as freguesias do território nacional português que adotem as melhores práticas e medidas de apoio em benefício dos cuidadores informais, sejam de que região for.

A RACCI é portanto uma iniciativa do Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais que se destina a distinguir, divulgar e amplificar as melhores práticas levadas a cabo ou formalmente por municípios e freguesias nesta área, em Portugal, através da atribuição de selos de mérito.

Integrarão a RACCI e receberão o selo de mérito os municípios e as freguesias que obtiverem as melhores avaliações globais, numa escala de 1 a 5, por aplicação dos seguintes critérios:

  • Práticas inclusivas dos CI;
  • Medidas de apoio aos CI;
  • Respostas sociais aos CI;
  • Dinamização de projetos para os CI;
  • Financiamento de projetos para os CI;
  • Existência de recursos humanos dedicados aos CI;
  • Inovação/Importância Estratégica para os CI.
Saiba mais consultando o regulamento:

Resultados 1ª Edição

Foram, ao todo, 50 as propostas apresentadas no âmbito da 1ª edição da Rede de Autarquias que Cuidam dos Cuidadores Informais (RACCI). Destas, foram reconhecidas 24 que, de acordo com os representantes das associações que compõem o Movimento e que as avaliaram, se destacam pelo cumprimento dos critérios definidos e a quem vai ser atribuído um Selo de Mérito.

Clique nos concelhos destacados para ver mais detalhes

Candidate-se através do formulário abaixo: